Festival do Maranho | Sertãfacebook

O Maranho da Sertã ganhou protagonismo, sobretudo durante o século XX, e era um prato habitual nos dias de festa.

História do Maranho da Sertã

 

Em tempos o consumo deste produto foi muito regular, sobretudo às condições socio-económicas em que se vivia na Sertã e foi no aproveitar de todas a partes dos animais, que existiam em abundância na região (cabra e borrego), que se recorreu à confeção deste produto.

Ao longo dos anos o reconhecimento desta iguaria foi crescendo e ganhando cada vez mais apreciadores estando presente em livros e revistas de promoção da gastronomia nacional.

Hoje este produto deixa de estar apenas presente em ocasiões festivas e está atualmente na maioria das ementas dos restaurantes da região.

Detalhes da Excelência
do nosso produto

Textura

A textura do Maranho da Sertã é rugosa tanto no seu exterior como interior.

Dimensão

A dimensão é muito variável, dependendo do tamanho do animal do qual retiraram a bandouga.

Forma e Aspeto

A textura do Maranho da Sertã é rugosa tanto no seu exterior como interior.

Aroma

Apresenta um aroma muito típico onde dominam os aromas da hortelã e da carne de cabra ou borrego.

Sabor

Apresenta um sabor característico onde se evidência a hortelã e a carne de cabra e/ou borrego

site_festival16_maranho

Todos os produtos usados na confeção do maranho são minuciosamente escolhidos para ter aquele sabor que tantos apreciam.

O Maranho é produzido com os mais variados produtos dos quais destacam-se:

ingr_1

Carne de Cabra ou Borrego

ingr_5

Hortelã

ingr_2

Presunto de Porco

ingr_6

Azeite de qualidade

ingr_3

Chouriço

ingr_7

Arroz Branco

ingr_4

Toucinho

ingr_8

Vinho Branco

Fatores decisivos que tornam a confeção do Maranho da Sertã o melhor do País.

Descubra os locais onde pode provar as nossas iguarias